Questões da Prova de Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis

Questão: 15168
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
Disciplina: Direito Administrativo Assunto: Agentes públicos e Lei 8.112 de 1990 , Provimento e vacância ,
Um servidor público migrou de um cargo para outro. O cargo que passou a ocupar estava vacante em razão de demissão por decisão administrativa de outro agente público. O demitido, porém, conseguiu invalidar judicialmente a penalidade que lhe fora aplicada. Neste caso, o servidor que migrou de cargo retornará ao que ocupava anteriormente por meio de  provimento derivado,denominado:
Questão: 38905
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
A perda de cargo público ocupado por servidor estável, consoante disciplina , conform e a Constituição Federal, em seu art. 41, § 1º, poderá ocorrer mediante:
Questão: 408496
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
Disciplina: Português Assunto: Crase ,
Ao se substituir o vocábulo destacado em “A mulher e a mãe acomodaram-se finalmente no táxi que as levaria à ESTAÇÃO." pelo seu plural, ESTAÇÕES, mantendo o restante da frase no singular, o uso do acento indicativo de crase será:
Os laços de família

    A mulher e a mãe acomodaram-se finalmente no táxi que as levaria à Estação. A mãe contava e recontava as duas malas tentando convencer-se de que ambas estavam no carro. Afilha, com seus olhos escuros, a que um ligeiro estrabismo dava um contínuo brilho de zombaria e frieza assistia.
 - Não esqueci de nada? perguntava pela terceira vez a mãe
-  Não, não, não esqueceu de nada, respondia a filha divertida, com paciência.

     Ainda estava sob a impressão da cena meio cômica entre sua mãe e seu marido, na hora da despedida. Durante as duas semanas da visita da velha, os dois mal se haviam suportado; os bons-dias e as boas-tardes soavam a cada momento com uma delicadeza cautelosa que a fazia querer rir. Mas eis que na hora da despedida, antes de entrarem no táxi, a mãe se transformara em sogra exemplar e o marido se tornara o bom genro. “Perdoe alguma palavra mal dita”, dissera a velha senhora, e Catarina, com alguma alegria, vira Antônio não saber o que fazer das malas nas mãos, a gaguejar - perturbado em ser o bom genro. “Se eu rio, eles pensam que estou louca”, pensara Catarina franzindo as sobrancelhas. “Quem casa um filho perde um filho, quem casa uma filha ganha mais um”, acrescentara a mãe, e Antônio aproveitara sua gripe para tossir. Catarina, de pé, observava com malícia o marido, cuja segurança se desvanecera para dar lugar a um homem moreno e miúdo, forçado a ser filho daquela mulherzinha grisalha... Foi então que a vontade de rir tornou-se mais forte. Felizmente nunca precisava rir de fato quando tinha vontade de rir: seus olhos tomavam uma expressão esperta e contida, tornavam-se mais estrábicos - e o riso saía pelos olhos. Sempre doía um pouco ser capaz de rir. Mas nada podia fazer contra: desde pequena rira pelos olhos, desde sempre fora  estrábica.
[...]
- Não esqueci de nada..., recomeçou a mãe, quando uma freada súbita do carro lançou-as uma contra a outra e fez despencarem as malas. — Ah! ah! - exclamou a mãe como a um desastre irremediável, ah! dizia balançando a cabeça em surpresa, de repente envelhecida e pobre. E Catarina?
     Catarina olhava a mãe, e a mãe olhava a filha, e também a Catarina acontecera um desastre? seus olhos piscaram surpreendidos, ela ajeitava depressa as malas, a bolsa, procurando o mais rapidamente possível remediar a catástrofe. Porque de fato sucedera alguma coisa, seria inútil esconder:
Catarina fora lançada contra Severina, numa intimidade de corpo há muito esquecida, vinda do tempo em que se tem pai e mãe. Apesar de que nunca se haviam realmente abraçado ou beijado. Do pai, sim. Catarina sempre fora mais amiga. Quando a mãe enchia-lhes os pratos obrigando-os a comer demais, os dois se olhavam piscando em cumplicidade e a mãe nem notava. Mas depois do choque no táxi e depois de se ajeitarem, não tinham o que falar - por que não chegavam logo à Estação?
- Não esqueci de nada, perguntou a mãe com voz resignada.
Catarina não queria mais fitá-la nem responder-lhe
Tome suas luvas! disse-lhe, recolhendo-as do chão

    - Ah! ah! minhas luvas! exclamava a mãe perplexa. Só se espiaram realmente quando as malas foram dispostas no trem, depois de trocados os beijos: a cabeça da mãe apareceu na janela.
Catarina viu então que sua mãe estava envelhecida e tinha os olhos brilhantes.
    O trem não partia e ambas esperavam sem ter o que dizer. A mãe tirou o espelho da bolsa e examinou-se no seu chapéu novo, comprado no mesmo chapeleiro da filha. Olhava-se compondo um ar excessivamente severo onde não faltava alguma admiração por si mesma. A filha observava divertida. Ninguém mais pode te amar senão eu, pensou a mulher rindo pelos olhos ; e o peso da responsabilidade deu-lhe à boca um gosto de sangue. Como se “mãe e filha” fosse vida e repugnância. Não, não se podia dizer que amava sua mãe. Sua mãe lhe doía, era isso. A velha guardara o espelho na bolsa, e fitava-a sorrindo.
LISPECTOR, Clarice. In: Os melhores contos de Clarice Lispector. Seleção de Walnice Nogueira Galvão. São Paulo:Global,1996.p 70-7.
Questão: 38902
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
O Poder executivo da União é exercido pelo Presidente da República eleito por maioria dos votos em primeiro ou segundo turno de votação, auxiliado pelos Ministros de Estado. Entretanto, no caso de impedimento do Presidente, outras pessoas poderão substituí-lo , sempre seguindo um a ordem constitucionalmente definida. Assim , entre as alternativa s a seguir, assinale aquela que corretamente ordena a substituição sucessiva, do primeiro substituto ao último.
Questão: 15151
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
Disciplina: Direito Administrativo Assunto: Atos administrativos , Atos administrativos em espécie ,
A forma de ato administrativo que tem como conteúdo a estipulação de autorizações e licenças é a do(a):
Questão: 15144
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
Assinale a alternativa correta de acordo com a Lei n° 8.429/1992 e os atos de improbidade administrativa.
Questão: 144834
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2013
Disciplina: Assunto:
No fundo, os vários conceitos de qualidade falam o mesmo idioma por meio de vários dialetos. Por trás dos conceitos de qualidade está a figura do(a):
A qualidade total é uma decorrência da aplicação da melhoria contínua. A palavra qualidade tem vários significados. Para Deming, “a qualidade deve ter como objetivo as necessidades do usuário, presentes e futuras". Para Juran, representa a “adequação à finalidade ou ao uso". Para Crosby, é a “conformidade com as exigências". Feigenbaum diz que ela é “o total das características de um produto ou serviço referentes a marketing, engenharia, manufatura e manutenção, pelas quais o produto ou serviço, quando em uso, atenderá às expectativas do cliente".
Questão: 15158
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
Segundo a Lei n° 8.112/1990 (Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais), é concedida sem prejuízo da remuneração a licença:
Questão: 38908
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
Os crimes de responsabilidade do Presidente da República são infrações político-administrativas definidas em lei e praticadas no desempenho da função presidencial. Atentam contra a própria Constituição Federal e, especialmente, contra a(o):
Questão: 15166
Banca: FUNCAB Prova: Atividade Téc. de Complexidade Intelectual - Administração - Ciências Contábeis Ano: 2015
Disciplina: Direito Administrativo Assunto: Controle da administração pública , Tribunais de Contas ,
Tribunais de Contas, quanto ao controle dos atos da Administração Pública, auxiliam no controle: