Questões da Prova de Auxiliar Pericial

Questão: 414437
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Português Assunto: Geral ,
Atenção: Nesta prova, considera-se uso correto da Língua Portuguesa o que está de acordo com a norma padrão escrita. 

                    CENSO DOS MAGISTRADOS
Um terço das juízas diz ter mais dificuldades que homens na função

 Adaptado de em: http://www.conjur.com.br/2014-jun-27/terco-juizas- dificuldades-homens-funcao 27 de junho de 2014, 12:11h. Acesso em 25 jul. 2014.

     Aproximadamente um terço das juízas (29%) afirma enfrentar mais dificuldades no exercício da magistratura do que seus colegas homens. Os dados fazem parte do Censo dos Magistrados, feito pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ no fim de 2013. Dos cerca de 10,8 mil julgadores que participaram do levantamento, 36% são mulheres.

     A maioria das entrevistadas (87%) considera os concursos para a magistratura imparciais. Passada a fase de ingresso, 14% delas relataram ter mais problemas nos processos de remoção e promoção do que os juízes. Na Justiça Federal, esse índice dobra (28%). No exercício da função, parte das juízas afirmou que o fato de serem do sexo feminino causou reações negativas de jurisdicionados (25%) e de outros profissionais do sistema de Justiça (30%). De acordo com duas em cada três julgadoras entrevistadas, suas vidas pessoais são mais afetadas pela carreira que as dos colegas homens.

     O objetivo do estudo foi identificar o perfil da magistratura brasileira. Dos 16.812 magistrados em atividade no país, 10.796 responderam ao questionário eletrônico proposto pelo CNJ — um índice de 64%. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ.

O objetivo central desse texto é:
Questão: 168268
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Gestão de Pessoas Assunto: Liderança ,
Com relação às características dos líderes, aquele cujo perfil adotado ressalta a cobrança e a realização da tarefa conforme sua determinação, enquadra-se como liderança com perfil:
Questão: 414438
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Atenção: Nesta prova, considera-se uso correto da Língua Portuguesa o que está de acordo com a norma padrão escrita.
 
                    CENSO DOS MAGISTRADOS 
Um terço das juízas diz ter mais dificuldades que homens na função

     Adaptado de em: http://www.conjur.com.br/2014-jun-27/terco-juizas- dificuldades-homens-funcao 27 de junho de 2014, 12:11h. Acesso em 25 jul. 2014.

     Aproximadamente um terço das juízas (29%) afirma enfrentar mais dificuldades no exercício da magistratura do que seus colegas homens. Os dados fazem parte do Censo dos Magistrados, feito pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ no fim de 2013. Dos cerca de 10,8 mil julgadores que participaram do levantamento, 36% são mulheres.

     A maioria das entrevistadas (87%) considera os concursos para a magistratura imparciais. Passada a fase de ingresso, 14% delas relataram ter mais problemas nos processos de remoção e promoção do que os juízes. Na Justiça Federal, esse índice dobra (28%). No exercício da função, parte das juízas afirmou que o fato de serem do sexo feminino causou reações negativas de jurisdicionados (25%) e de outros profissionais do sistema de Justiça (30%). De acordo com duas em cada três julgadoras entrevistadas, suas vidas pessoais são mais afetadas pela carreira que as dos colegas homens.

     O objetivo do estudo foi identificar o perfil da magistratura brasileira. Dos 16.812 magistrados em atividade no país, 10.796 responderam ao questionário eletrônico proposto pelo CNJ — um índice de 64%. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ. 


Releia o segundo parágrafo do texto, prestando atenção aos mecanismos de concordância empregados: “A maioria das entrevistadas (87%) considera os concursos para a magistratura imparciais. Passada a fase de ingresso, 14% delas relataram ter mais problemas nos processos de remoção e promoção do que os juízes. Na Justiça Federal, esse índice dobra (28%).”

Agora, assinale a única alternativa correta.
Questão: 168240
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Gestão de Pessoas Assunto: Administração de Recursos Humanos ,
A racionalização das etapas para a realização de uma determinada tarefa, determinando os passos a serem seguidos quando da execução de um trabalho, resulta na definição de um(a):
Questão: 414443
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Português Assunto: Sintaxe , Regência ,
Em qual das alternativas o sinal de crase é facultativo?
Questão: 297707
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Criminalística Assunto: Geral ,
No caso de exumação de cadáver, havendo dúvida sobre a identidade do mesmo, proceder-se-á ao reconhecimento pelo Instituto de Identificação e Estatística ou repartição congênere ou pela inquirição de testemunhas, lavrando-se auto de reconhecimento e de identidade, no qual se descreverá o cadáver, com todos os sinais e indicações. Sobre a exumação de cadáver pode-se afirmar:

I. As roupas encontradas junto ao cadáver poderão ser utilizadas como meio auxiliar de identificação do mesmo.
II. Passado o estado de putrefação do cadáver o mesmo não poderá ser identificado
III. Exumar é o ato de retirar um cadáver de uma sepultura; e a perícia a ser realizada, poderá identificar inclusive as circunstâncias do crime.
IV. O exame de arcada dentária é fundamental para a identificação do cadáver.

A sequência correta é:
Questão: 414442
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
O acento diferencial é usado para diferenciar palavras homógrafas. Esse tipo de acento ocorre em qual das alternativas? Assinale-a.
Questão: 414436
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Português Assunto: Geral ,
 Atenção: Nesta prova, considera-se uso correto da Língua Portuguesa o que está de acordo com a norma padrão escrita. 
              
               CENSO DOS MAGISTRADOS
Um terço das juízas diz ter mais dificuldades que homens na função

    Adaptado de em: http://www.conjur.com.br/2014-jun-27/terco-juizas- dificuldades-homens-funcao 27 de junho de 2014, 12:11h. Acesso em 25 jul. 2014.

     Aproximadamente um terço das juízas (29%) afirma enfrentar mais dificuldades no exercício da magistratura do que seus colegas homens. Os dados fazem parte do Censo dos Magistrados, feito pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ no fim de 2013. Dos cerca de 10,8 mil julgadores que participaram do levantamento, 36% são mulheres.

     A maioria das entrevistadas (87%) considera os concursos para a magistratura imparciais. Passada a fase de ingresso, 14% delas relataram ter mais problemas nos processos de remoção e promoção do que os juízes. Na Justiça Federal, esse índice dobra (28%).

     No exercício da função, parte das juízas afirmou que o fato de serem do sexo feminino causou reações negativas de jurisdicionados (25%) e de outros profissionais do sistema de Justiça (30%). De acordo com duas em cada três julgadoras entrevistadas, suas vidas pessoais são mais afetadas pela carreira que as dos colegas homens.

     O objetivo do estudo foi identificar o perfil da magistratura brasileira. Dos 16.812 magistrados em atividade no país, 10.796 responderam ao questionário eletrônico proposto pelo CNJ — um índice de 64%. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ.

Assinale a única alternativa que contém uma ideia que pode ser confirmada pelo texto.
Questão: 168258
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Gestão de Pessoas Assunto: Treinamento e Desenvolvimento ,
São considerados resultados favoráveis decorrentes de um processo de treinamento, EXCETO:
Questão: 353759
Banca: IESES Prova: Auxiliar Pericial Ano: 2014
Disciplina: Segurança e Saúde no Trabalho Assunto: Geral ,
Pode ter origem na forma de organização do trabalho a partir de volumes de trabalho excessivos, responsabilidades não claramente definidas ou demasiada pressão. Também, pode resultar da intimidação por parte de chefes ou colegas. Referimo-nos a(o):