Questões da Prova de Professor

Questão: 598756
Banca: IESES Prova: Professor Ano: 2015
Disciplina: Assunto:
Após a leitura do enunciado apresentado a seguir, identifique a afirmação correta:
A Geomorfologia Fluvial engloba o estudo dos cursos de água e o das bacias hidrográficas. Enquanto o primeiro se detém nos processos fluviais e nas formas resultantes do escoamento das águas, o segundo considera as principais características das bacias hidrográficas que condicionam o regime hidrológico. Essas características ligam-se aos aspectos geológicos, às formas de relevo e aos processos geomorfológicos, às características hidrológicas e climáticas, à biota e à ocupação do solo.
I. Na definição dos tipos de leito fluvial, o leito menor corresponde à parte do canal ocupada pelas águas e cuja frequência impede o crescimento da vegetação. No entanto, este tipo de leito não é delimitado por margens bem definidas.
II. Na definição de padrões de drenagem, quando os rios nascem próximos de um ponto comum e se irradiam para todas as direções, a drenagem é classificada como radial centrípeta.
III. Quanto menor for o perímetro molhado de um fluxo (ou mais lisa a calha fluvial), maior será o valor do raio hidráulico, que é uma medida da eficiência do fluxo.
IV. A velocidade de decantação de partículas num fluxo depende da densidade das partículas. A argila decanta mais rapidamente que a areia pela sua maior densidade.
A sequência correta é:
Questão: 564043
Banca: FUNRIO Prova: Professor Ano: 2016
Disciplina: Assunto:
No segundo parágrafo, a autora indica que foram abertas novas possibilidades, em favor das maiorias fracas, após os anos 60.
Dentre as diretrizes educacionais a seguir, a que melhor expressa a valorização da diversidade de referências na formação da cultura brasileira é a 
Desde o começo, sempre, lá estava a ideologia. E sempre tem estado presente. Muitas vezes, o autor nem tem consciência dela, e o leitor comum não percebe. Mas nem por isso ela deixa de ser no texto, latente, como uma espécie de lapso freudiano, que desmascara os motivos inconscientes. Ou talvez mais como um lapso junguiano, já que é cultural e revela maneiras coletivas de pensar, apontando também para os arquétipos.
Alem do mais, a ideologia de um livro também reflete o conjunto de crenças e opiniões da cultura da época em que o autor vive. Até recentemente, não se suspeitava da força desse processo. Na verdade, ele só se tornou evidente há muito pouco tempo, depois do desenvolvimento da psicanálise, do refinamento da crítica textual, do afloramento do orgulho cultural dos povos e pessoas longamente oprimidos, e do aumento de sensibilidade solidária em relação aos outros, trazido pelos anos 60, com seu despertar em favor dos direitos das minorias ou de maiorias fracas, sem voz. Em outras palavras, foi apenas depois de campanhas pelos direitos civis, depois do feminismo, depois da luta dos negros contra o preconceito e a discriminação, depois da consciência anti-imperialista, depois do movimento verde e de tantas outras conquistas ideológicas recentes que se tornou evidente que, durante muito tempo, os livros didáticos infantis vinham moldando os jovens para agirem segundo padrões de comportamento que, frequentemente, eram inadequados, injustos, imorais e agressivos à dignidade humana.
Dou um exemplo concreto. Sempre gostei muito dos contos das Mil e uma noites, entre as minhas histórias favoritas desde que eu era pequena. Não foi escrito para crianças, é claro, e é uma dessas obras de adultos que as crianças adotaram. Li e reli essas histórias muitas vezes, umas mais do que as outras, mas, de qualquer modo, repetidamente com prazer e encantamento. Mas por uma ou outra razão, nunca as tinha relido depois de adulta. Há dois anos, quando finalmente mergulhei nessa releitura, fiquei estarrecida com o conteúdo racista e sexista da obra. Mas será que o livro tinha mudado? Evidentemente, não. Quem mudou fui eu. E só mudei porque a sociedade mudou. Mas, provavelmente, quando alguém de cultura africana leu esse livro antes, à luz do tratamento vergonhoso que foi inflingido a seu povo durante séculos, com a sensibilidade apurada pela dor que essa consciência lhe trazia, sem dúvida, detectou com repugnância e revolta os trechos sobre os escravos negros que eu não conseguia suportar agora em minha releitura. Mas no meu país, tão devedor à cultura africana havia poucos negros que soubessem ler e tivessem condições de ter acesso a esses livros. E, mesmo que alguns lá chegassem, ainda era menor o número dos que poderiam verbalizar sua crítica por escrito e conseguir que ela fosse publicada, de modo que pudessem mostrar aos outros leitores a profundidade dos preconceitos que jaziam sob a superfície de um clássico desse porte. Igualmente acintoso, aliás, é o tratamento dado por ele às mulheres e nós líamos sem reparar e sem protestar. Foi preciso que o mundo vivesse uma revolução de consciência, para que eu conseguisse abrir os olhos e enxergasse tudo isso, envergonhada de minha cegueira anterior.
Quero apenas levantar alguns pontos de natureza mais geral sobre todo esse processo. O primeiro é que já vimos, e repito apenas para recordar e resumir: não existe objeto escrito que seja ideologicamente inocente. Não dá para esquecer isso.
O segundo é o seguinte: os livros para crianças são especialmente suscetíveis de serem fortemente usados como veículo de mensagens ideológicas, porque as crianças não podem se defender, como já dissemos. Mas também porque, tradicionalmente, esses livros vivem num mundo muito promíscuo, onde são facilmente tocados e molestados por coisas que não podem ser confundidas com literatura.
MACHADO. Ana Maria. Ideologia e livro infantil. Contracorrente Conversas sobre leitura e política, São Paulo: Ática. (Texto apresentado no Congresso do IBBY em Sevilla.) 
Questão: 257337
Banca: UFMT Prova: Professor Ano: 2015
Disciplina: Assunto:
Julgue o item a seguir, referentes a tecnologia JEE e Servlets.

Todos os objetos de eventos em JSF devem estender a classe FacesListern a fim de que os eventos sejam suportados pelo ciclo de vida da requisição.


Questão: 565477
Banca: CONSULPLAN Prova: Professor Ano: 2015
Disciplina: Assunto:
As incumbências da escola estão previstas na LDB, de modo específico no artigo 12. Assim, considerando estas definições, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.
(     ) O cumprimento do plano de trabalho dos professores é uma tarefa a ser administrada pela escola e pelas secretarias de educação.
(    ) A proposta pedagógica é uma incumbência da escola, sendo a responsabilidade pela sua elaboração uma tarefa exclusiva da direção.
(     ) A frequência e o rendimento dos alunos devem ser informados aos pais ou responsáveis.
(     ) A integração entre a escola e a comunidade é um dispositivo importante a ser considerado pelo estabelecimento escolar.
(     ) A administração de pessoal e financeira é uma incumbência a ser compartilhada com o sistema pela escola.
A sequência está correta em
Questão: 389369
Banca: IF-PA Prova: Professor Ano: 2015
Disciplina: Não definido Assunto: Geral ,
Portaria 210, item 8.2.4, na execução do exame das vísceras, deve ser respeitado o tempo mínimo de:
Questão: 219526
Banca: IF-MT Prova: Professor Ano: 2014
Disciplina: Pedagogia Assunto: Geral ,
Sobre a educação profissional e tecnológica na Lei N.º 9.394/1996, é INCORRETO afirmar:
Questão: 411133
Banca: SHDIAS Prova: Professor Ano: 2015
Disciplina: Português Assunto: Geral ,
Dúplice e duplo são numerais:
Questão: 265421
Banca: CESPE Prova: Professor Ano: 2013
No que se refere ao ensino médio, conforme disposto nas Diretrizes Nacionais para a Educação Básica (2013), julgue o item que se segue.

A situação de vida dos estudantes trabalhadores do ensino médio noturno deve ser considerada para garantia do sucesso desses alunos na escola. Para tanto, pode-se ampliar a duração do curso para mais de três anos ou, ainda, reduzir a carga horária total de 2.400 horas.








Questão: 216843
Banca: SHDIAS Prova: Professor Ano: 2015
Disciplina: Pedagogia Assunto: Geral ,
Sobre o ato de brincar não podemos afirmar:
Questão: 259114
Banca: IF-SP Prova: Professor Ano: 2011
Disciplina: Assunto:
Em relação à lógica de programação estruturada, podemos considerar: