Questões de Lei n. 11.441 - Inventario, Partilha e Divorcio extrajudiciais

Questão: 329423
Banca: FAURGS Prova: Advogado Ano: 2015
Disciplina: Direito Notarial e Registral Assunto: Lei n. 11.441 - Inventario, Partilha e Divorcio extrajudiciais ,
Assinale a alternativa que NÃO aponta documento que incumbe ao Tabelião solicitar quando da lavratura da escritura pública, na partilha de bens.
Questão: 329450
Banca: CONSULPLAN Prova: Titular de Serviços de Notas e de Registros Ano: 2015
Disciplina: Direito Notarial e Registral Assunto: Lei n. 11.441 - Inventario, Partilha e Divorcio extrajudiciais ,
A respeito da escritura pública de inventário e partilha, é correto afirmar:  
Questão: 329456
Banca: CONSULPLAN Prova: Titular de Serviços de Notas e de Registros Ano: 2015
Disciplina: Direito Notarial e Registral Assunto: Lei n. 11.441 - Inventario, Partilha e Divorcio extrajudiciais ,
A respeito da possibilidade legal da realização de inventário e partilha pela via extrajudicial, assinale a alternativa correta: 
Questão: 329521
Banca: CONSULPLAN Prova: Titular de Serviços de Notas e de Registros Ano: 2015
Disciplina: Direito Notarial e Registral Assunto: Lei n. 11.441 - Inventario, Partilha e Divorcio extrajudiciais ,
Acerca da lavratura das escrituras públicas de cessão de direito à sucessão aberta, assinale a alternativa correta:
Questão: 342750
Banca: IESES Prova: Titular de Serviços de Notas e de Registros Ano: 2012
Disciplina: Direito Notarial e Registral Assunto: Lei n. 11.441 - Inventario, Partilha e Divorcio extrajudiciais ,
Para a lavratura dos atos notariais de que trata a Lei nº 11.441/07:

I. Aplicam-se as regras de competência do Código de Processo Civil.

II. É facultada aos interessados a opção pela via judicial ou extrajudicial; podendo ser solicitada, a qualquer momento, a suspensão, pelo prazo de 30 dias, ou a desistência da via judicial, para promoção da via extrajudicial.

III. É necessária a presença do advogado, munido de procuração, ou do defensor público, na lavratura das escrituras decorrentes da Lei 11.441/07, nelas constando seu nome e registro na OAB.

IV. É desnecessário o registro de escritura pública decorrente da Lei n° 11.441/2007 no Livro "E" de Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais, entretanto, o Tribunal de Justiça deverá promover, no prazo de 180 dias, medidas adequadas para a unificação dos dados que concentrem as informações dessas escrituras no âmbito estadual, possibilitando as buscas, preferencialmente, sem ônus para o interessado.