Questões de Função Social da Escola e Compromisso Social do Educador

Questão: 213229
Banca: CESPE Prova: Técnico em Assuntos Educacionais Ano: 2016

A educação deve ser compreendida como uma amplitude de relações, não se restringindo apenas à vida escolar. Acerca desse assunto, julgue o item subsequente.

Dois aspectos sociais estão implícitos no ato educativo: a incorporação de costumes sociais e a ruptura para a criação de novos hábitos.








Analise os trechos correlatos.

I.   “Neste começo de um novo milênio, a educação apresenta‐se numa dupla encruzilhada: de um lado, o desempenho do sistema escolar não tem dado conta da universalização da educação básica de qualidade; de outro, as novas matrizes teóricas não apresentam ainda a consistência global necessária para indicar caminhos realmente seguros numa época de profundas e rápidas transformações. Essa é uma das preocupações do Instituto Paulo Freire, buscando, a partir do legado de Paulo Freire, consolidar o seu 'Projeto da Escola Cidadã', como resposta à crise de paradigmas."

                                                 ASSIM

II.  “O docente deve formar‐se com a capacidade de refletir sobre sua prática educacional, sobre sua docência, já que é através do processo reflexo que irá se tornar um profissional capaz de construir sua identidade profissional docente. A prática e o ato de reflexão dessa prática exercida no espaço da sala de aula contribuem para o surgimento de uma ressignificação do conceito de professor, de aluno, de aula e de aprendizagem."

Assinale a alternativa correta.


Questão: 213390
Banca: IDECAN Prova: Professor - Pedagogia Ano: 2016
“Da perspectiva neoliberal, a educação está submetida a uma visão de mundo nitidamente economicista." Acerca do exposto, NÃO é consequência do neoliberalismo na educação:
Assinale a alternativa correta.
Analise os trechos correlatos.
I.González Rey (2001) nos leva a uma reflexão que rompe com o sistema tradicional de ensino de que ensinar e aprender são relações de mão única (o professor ensina, ou seja, transmite o conteúdo e o aluno decora esse conteúdo sem questionar e discutir); o mesmo autor nos propõe a ideia de que a sala de aula não é simplesmente um cenário relacionado com os processos de ensinar e aprender. Nela aparecem, como constituintes de todas as atividades aí desenvolvidas, elementos de sentido e significação procedentes de outras zonas de experiência social, tanto de alunos quanto de professores. Sabemos que cada um constrói sua história, vivencia fatos, experiências coletivas e individuais."
                                                                 PORTANTO
II. “A sala de aula é o lugar em que há uma reunião de seres pensantes que compartilham ideias, trocam experiências, contam histórias, enfrentam desafios, rompem com o velho, buscam o novo, enfim, há pessoas que trazem e carregam consigo saberes cotidianos que foram internalizados durante sua trajetória de vida, saberes esses que precisam ser rompidos para dar lugar a novos saberes. O aluno precisa se apropriar das informações que circulam nos meios sociais e culturais para transformá‐las em conhecimento. Não podemos perder de vista que essas informações deveriam fazer sentido para a vida desse sujeito, para que ele possa ser articulado com suas ações, seus objetivos e seus sonhos e outras aspirações que tenha."
Assinale a alternativa correta.
Analise os trechos correlatos.
I.González Rey (2001) nos leva a uma reflexão que rompe com o sistema tradicional de ensino de que ensinar e aprender são relações de mão única (o professor ensina, ou seja, transmite o conteúdo e o aluno decora esse conteúdo sem questionar e discutir); o mesmo autor nos propõe a ideia de que a sala de aula não é simplesmente um cenário relacionado com os processos de ensinar e aprender. Nela aparecem, como constituintes de todas as atividades aí desenvolvidas, elementos de sentido e significação procedentes de outras zonas de experiência social, tanto de alunos quanto de professores. Sabemos que cada um constrói sua história, vivencia fatos, experiências coletivas e individuais."
                                                                 PORTANTO
II. “A sala de aula é o lugar em que há uma reunião de seres pensantes que compartilham ideias, trocam experiências, contam histórias, enfrentam desafios, rompem com o velho, buscam o novo, enfim, há pessoas que trazem e carregam consigo saberes cotidianos que foram internalizados durante sua trajetória de vida, saberes esses que precisam ser rompidos para dar lugar a novos saberes. O aluno precisa se apropriar das informações que circulam nos meios sociais e culturais para transformá‐las em conhecimento. Não podemos perder de vista que essas informações deveriam fazer sentido para a vida desse sujeito, para que ele possa ser articulado com suas ações, seus objetivos e seus sonhos e outras aspirações que tenha."
O especialista socioeducativo que, no âmbito de suas atribuições, trabalhe sob a perspectiva crítico-social dos conteúdos, considerando a realidade social e econômica do menor em cumprimento de medida socioeducativa, poderá embasar-se na obra de
Dermeval Saviani é o idealizador da pedagogia por ele denominada: 
Estão corretas:
Os comportamentos escolares, adotados pelos alunos, não somente se reduzem às influências do ambiente doméstico. Fica evidente a necessidade de considerar o papel do aluno como parte ativa de seu próprio percurso e das relações que ele estabelece com outras instâncias de socialização, seja no bairro, no ambiente de trabalho, entre outras formas de interações sociais. Neste sentido, avalie se as dimensões a seguir não podem ser negligencias quando se investiga o processo de socialização do aluno:

I – A faixa etária em que o aluno se encontra.

II – O ensino no Brasil e a tecnologia educacional.

III – Os rumos da educação e a aprendizagem.

IV – As experiências extraescolares do aluno.
A demanda por educação no Brasil está relacionada às mudanças ocorridas em diversas esferas da vida nacional, principalmente as que conduziram a ampliação do sistema de ensino e à diversidade do sistema produtivo. No entanto, o interesse do aluno em frequentar a escola e sua permanência, em larga escala, se deve, em grande parte, à relação da família com a escola, que é mediada por determinantes macroestruturais e também por fatores microestruturais associados:
O trabalho com adolescentes exige do docente a produção de pautas interacionais pertinentes, ou seja, adequação dos saberes e metodologia adequadas, sob pena de não conseguir qualidade no processo ensino e aprendizagem com estes alunos.

São processos comuns aos estudantes nessa etapa da vida, exceto: